domingo, 23 de outubro de 2011

SEM AMOR EU NADA SERIA




Ainda que eu falasse a língua dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda ciência; Ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.( 1Co 13:1á3)
O Dom mais importante é a profecia, conforme podemos ver em (1Coríntios 14.1-4), mesmo assim, Paulo ensina que a profecia mais eloquente, o sermão mais erudito, rico e bíblico, sem um coração amoroso e compassivo, nada seria. Hoje em dia, há homens que possuem vasto conhecimento das verdades divinas e têm grande capacidade em expor as Escrituras. Muitos pregam bem no púlpito, ou ensinam com grande conhecimento nas escolas bíblicas, mas falta-lhes o amor para com Deus e para com o próximo...Nada são.
Paulo refere-se ao sofrimento e ao sacrifício, e diz que não são de proveito algum sem o amor. Suponhamos que alguém deu todos os seus bens para alimentar os pobres, e que assim fez para ser visto pelos homens   ( Mt 6.1,2). A pergunta é: Qual foi o verdadeiro motivo que levou tal pessoa a fazer esse sacrifício?
Sempre devemos fazer essa pergunta a nós mesmos. Seja qual for o ministério que estejamos exercendo, seja o que for que façamos para o Senhor, o que é que nos impele a isso? É o amor, ou estamos fazendo tão somente para aparecer ou obter recompensa e louvor dos homens?O amor é indispensável á nossa vida e ao ministério cristão. Sem ele, nada disso terá real valor, proveito ou significado. Sem amor, nenhum dom pode ser corretamente exercido, nenhum talento pode ser corretamente aplicado. Sem amor, nossa fé cristã é fingida, e o serviço cristão e infrutífero. Todo aquele que se dedica à obra do Senhor receberá galardão, mas, se o fizer com amor. A pregação, sem amor, é apenas um volume de barulho, um emaranhado de palavras que não surtem efeito nenhum no coração de quem as ouve. Orar sem amor é o mesmo que proferir palavras vãs, que não passam do teto. Contribuir, sem amor, não passa de mais uma cerimonia.
Que nós possamos para e pensar meus queridos irmãos, e fazer as coisas do Senhor com amor, não pensando nas recompensas dos homens, mas sim nas recompensas de Deus, que certamente virão sobre as nossas vidas...fiquem na paz e no amor Do Senhor...


Saudações no Senhor


.André Batista.

2 comentários:

  1. O amor é o mais potente dos sentimentos, com certeza sem ele nada seriamos ou cresceríamos como filhos de Deus.Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  2. A paz de Cristo irmão Sergio, Estou retribuindo sua visita. Seu blog está muito bom.

    ResponderExcluir